CANUTO 67+

São Paulo - 2014-2015

(clique na imagem para ampliar)

Num edifício contruído em 1976, um apartamento conservava 100% de seu aspecto original. Encanamentos de ferro, poucas tomadas, elétrica defasada, piso de taco comprometido e aquele ar de casa "antiga e sem estilo". Muitos desafios para um espaço tão contido, de apenas 60m². Tranformá-lo em um algo agradável, funcional e aconchegante para seu único morador não foi tarefa simples.

 

A demolição foi feita em uma semana. Após a remoção do entulho, novas alvenarias foram erguidas e as fôrmas e ferragens preparadas para o lançamento do concreto. Nas prateleiras sem apoio da sala, foram concretadas barras de aço por dentro da alvenaria de divisa com o apartamento vizinho. Todas as peças de concreto tiveram recobrimento em uma camada de cimento queimado, feito com nata de cimento e água, e lixamento mecânico. O acabamento foi feito com verniz acrílico multiuso incolor, que evita acúmulo de pó e facilita a limpeza.

No piso, após retirada do taco antigo e remoção da primeira camada de argamassa, foi nivelado novo contrapiso. Posteriormente, foi feito acabamento com uma fina camada de cimento queimado branco feito com pó-de-mármore e cimento estrutural branco.

As janelas antigas de madeira foram substituídas por modelos de correr e pivotantes de alumínio, colocando-se cortinas com uma camada de linho e outra de tecido blackout.

Para iluminação, uso de trilhos eletrificados com controle de intensidade nas áreas mais amplas, aproveitando totalmente as aberturas existentes em laje, visto que o projeto não previu forro para aproveitar o generoso pé-direito. Nas demais áreas, uso de fluorescentes tubulares, pendentes e arandelas no banho principal.

Completam o espaço decoração com detalhes em amarelo e preto, além de duas alvenarias com pintura cinza azulado para contrastar com o piso branco.